"Trabalho, ética e responsabilidade."
Notícias

Assessoria | Postado em: 06/09 - 17:32
O povo brasileiro não pode mais ser refém do atual sistema político
Galeria de Imagens

Por Ademir Bier

Ligar a televisão ou receber os noticiários on line virou quase uma sessão de tortura para nós, brasileiros. Escândalos em cima de escândalos. A cada dia mais malas de dinheiro, mais delatores que difamam ainda mais a classe política e envergonha a todos nós, brasileiros.

É lamentável, mas o sistema político brasileiro ruiu. Mas não é só. As instituições brasileiras se deterioram, deixando um perigoso vácuo a ser apropriado.

O que está em jogo é a soberania nacional. É o respeito sobre todos os poderes democraticamente constituídos. A responsabilidade sobre tudo isso não pode recair sobre o Judiciário, que já está sobrecarregado.

O momento é importante para tirarmos lições, e, olhar para o futuro, passa, inequivocamente, pela legitimidade das urnas.

Neste ponto, criminalizar a política na busca de soluções para o problema da corrupção em nosso país é deixar aberta a possibilidade de flerte com o autoritarismo. Por outro lado, é clara a cooptação do sistema político pelas possibilidades iminentes e constantes dos corruptores.

Há tempos, defendo que para entregarmos algum futuro ao País, não é só necessário, mas vital, que seja implementada uma Reforma Política, que atue como espelho da sociedade na construção de um novo sistema. Se o momento é de grandes problemas, as soluções carecem da mesma dimensão.

É preciso reduzir os custos das campanhas, é necessário, sobretudo, criar um modelo que deixe as campanhas mais atraentes ideologicamente e menos remuneradas, em todos os aspectos; criando ferramentas para controlar gastos e receitas de campanha; adotar um sistema de financiamento que sirva de barreira às relações promíscuas entre o sistema político e o econômico; além de garantir que a participação na política não seja um espaço desigual a partir das condições particulares do seu participante; e por fim, de um sistema que faça com que os filiados tenham compromisso programático e que os partidos, ao se alinharem nas disputas, o façam por uma motivação diversa da fisiológica.

Desta forma, reformando e projetando um sistema político que tenha vocação para o espírito público, capaz de atuar em defesa dos interesses da sociedade, sairemos deste momento com condições de construir um Brasil mais justo e democrático. O momento de esgotamento não permite mais reformas para que as estruturas permaneçam como estão. É preciso perspicácia para se reconhecer que estamos diante de mudanças e disposição para ditar os rumos desta mudança.

Acima de tudo, às vésperas do dia 7 de Setembro, nada mais propício que tratar deste assunto, pois é o futuro do Brasil e dos brasileiros que está em jogo.

Já passou da hora de arrumarmos a casa. A bagunça já foi feita, resta aos homens comprometidos com o futuro do nosso país e da nossa gente, restabelecer a ética, o respeito e a honra do sistema político e, sobretudo, restabelecer o respeito entre os políticos e o povo.

Mãos à obra, Brasil!

Ademir Bier – deputado estadual

Outras Notícias

Copyright © 2017 Deputado Ademir Bier
Todos os direitos reservados.
Atendimento:
(41) 3350-4380
(45) 3254-2503
Endereço:
Praça Nossa Senhora da Salete, s/nº
Centro Civico - Curitiba - PR

Escritório de Atendimento M. C. Rondon
Rua Santa Catarina, 657, Centro